segunda-feira, 1 de Setembro de 2014

O pesar do trigo. Marvão - Nª. Srª. da Estrela.

Conversa de mercearia dá para tanta coisa, a conversa vai daqui para ali num instante, ao sabor dos comentários a determinado produto, ao sabor dos comentários sobre a vila e as suas gentes.
Dizia uma cliente que queria pesar a filha na minha balança antiga, punha de um lado a cachopa e do outro os pesos. A miúda, muito assustada abriu os olhos!
Respondi-lhe eu que esta não dava, mas que se queria cumprir promessa à Sra da Estrela ainda lá tinha no convento a balança...
Que história é esta, cá vai ela:

Pela Senhora da Estrela, padroeira de Marvão, muitos fieis prometiam à santa (neste caso a reverter para a Santa Casa), o peso dos filhos/netos em cereais
Chamava-se o pesar do trigo!


A balança ainda lá está no Convento, e a exposição pode ser visitada, na Igreja.

Foto surripiada ao álbum do Dr. Jorge Oliveira na sua digníssima página de facebook

sexta-feira, 22 de Agosto de 2014

Cenas da vida no campo

Acabo de comprar uma rifa à vizinha Ilda a reverter para a Comissão de Festas da Escusa.
Prémios a sortear:

1º Um borrego
2ª Uma rebarbadora

sexta-feira, 8 de Agosto de 2014

Pode não ser remédio, mas que faz bem num dia de muito calor, faz

Ouço uma conversa na rua:
- Vou aqui à farmácia
- Mas aí não é a farmácia
- Ora, é como se fosse

(entra o F. na Mercearia)
- Quero uma média bem fresquinha, se faz favor

segunda-feira, 4 de Agosto de 2014

Aproveita o momento


Um grupinho de escuteiros entrou:
- Vimos distribuir a esperança 
E ofereceram-me uma flor bem lindinha que dizia: Aproveita o momento!
Tão queridos...

Fama de corajosos

Eram sul africanos. Não é muito comum ver turistas sul africanos por aqui. Estiveram na Mercearia a fazer umas compras.
Às tantas a conversa desenrola e explicam os motivo que os trouxe a Portugal:
É que nós conhecemos bem a zona do Cabo das Tormentas e estávamos curiosos para conhecer o povo que se aventurou a dobrar aquele cabo em caravela...